fol





Be of GREAT HEART our dear friends.

SO VERY MUCH HAS CHANGED …

SO VERY MUCH IS CHANGING …

SO VERY MUCH WILL CHANGE …

For it is written in the stars.

Are you not ALL ‘Children of the stars’? Did you not KNOW what you had decided and then came to Earth to put it into place?

The Federation o Light -- 16th August, 2014


to gain space


Labels

Tuesday, December 22, 2015

Português -- SALENA MIGEOT: Uma Mensagem dos vossos Guias


Uma Mensagem dos vossos Guias

21 de Dezembro de 2015




Queridos, 

É com grande amor que chegamos hoje até vós, a fim de partilhar nesta temporada, os nossos desejos de boas novas, portadoras de grande alegria que, em última instância, são sobre Paz e Prosperidade para todos. Esse é o vosso direito de primogenitura. É o motivo pelo qual o menino Jesus encarnou a fim de partilhá-las com todos. É o que todo grande Mestre espiritual desejou para vós - para saberem que ninguém pode impedir-vos de ter Paz. A Paz está dentro de vós, para que a cultivem e mantenham. E a abundância é vossa, pois na qualidade de filhos divinos do Criador, foi-vos dada a dádiva da co-criação. Imaginem Paz e Prosperidade para todos.

Recordamos este tema com a intenção sincera de que mantenham a Paz no vosso coração, enquanto percorrem o vosso caminho, durante esta estação festiva, que tem um significado diferente para diversas pessoas. Tenham em mente que existem os que não sentem nenhuma alegria neste momento, apenas dor e grande perda. Há os que, nesta época, perderam entes queridos e têm lembranças constantes de que o ente amado já não está mais com eles e, portanto, estão cheios de tristeza. Há os que têm entes queridos que estão a partir, enquanto falamos. Não referimos este assunto para diminuir a vossa alegria, mas para ajudar-vos a manter os acontecimentos em perspectiva - para ajudar-vos a abrir o coração para os que podem estar em solidão, irritados, doentes, abandonados, esquecidos, impedidos de estar presentes e ser felizes, incapazes de manter a mesma alegria que vós, desligados há longo  tempo da família, dos amigos ou dos namorados, devido à distância, à morte ou a um mal-entendido e por muitas outras razões. Então, sentem-se vazios e não sabem como ultrapassar esta situação. 

Queridos, isto é um apelo para que partilhem a vossa mesa, o vosso tempo, amor e presença, com outras pessoas que podem não ter o que vocês têm. Podem ter falta de um lar aconchegado para onde ir e poderem apreciar o que vocês têm. Não estamos necessariamente a falar para que dêem alimentos ou apoiem alguma causa, embora esse facto não seja desvalorizado. Estamos a falar que, durante esta temporada,  devem tentar proceder de modo mais semelhante ao homem da Galiléia. Da maneira como podem ajudar alguém ou talvez muitos, o que vos pode levar para fora da vossa zona de conforto e, de alguma forma, pode  ser um incómodo para vós, mas que vai certamente fazer uma grande diferença na vida de outros, e, portanto, também na vossa?

Poderão arranjar tempo para cuidar de um idoso cujo desejo mais profundo é de ser capaz de passar as festividades com a família? Poderão fornecer uma refeição sumptuosa para aqueles cuja única opção é recorrer a uma instituição de caridade ou à sopa dos pobres ou comerem sozinhos, ou terem a oferta de uma refeição aos sem abrigo? Poderão providenciar um lugar de descanso e apoio para alguém que está a passar por um momento difícil? Poderão ser o amor que desejam ver no mundo? Poderão proceder com os amigos, com os entes queridos, ou com estranhos de uma maneira como eles nunca iriam pedir ou esperar? Poderão convidar alguém para o vosso jantar de consoada em família e receber essa pessoa como se realmente fizesse parte da vossa família? Será que pertencem aos que vivem em abundância e não percebem como são abençoados? Dão graças pelas vossas bênçãos? Serão capazes de perceber que vivem na abundância, que criam essa realidade para si e que podem ajudar os outros, mostrando-lhes que o Amor Existe? Algumas pessoas esqueceram ou nunca souberam que o Amor Existe. O Amor Existe/Está em toda parte, o tempo todo e  por toda a eternidade.

Quando alguém perde o Amor de vista, o Amor não desaparece. Ainda está lá, como sempre. Simplesmente as pessoas perdem a capacidade de vê-lo, de sentí-lo, de ouví-lo, digamos, de tocá-lo, de abraçá-lo, de sussurrar-lhe, de sorrir-lhe, de beijá-lo, de afagá-lo, de piscar-lhe o olho, de bater palmas, de cantar e de representar para esse Amor. Tal não significa que ele desapareceu. É um rio abundante que nunca seca - excepto no coração e na mente das pessoas. Por isso, sejam os que levam a água milagrosa do Amor a todos os que precisam dele, quando perceberem a necessidade de fazê-lo, quando virem, ouvirem, sentirem e tocarem os que estão murchos e secos. Mostrem-lhes a abundância do amor que está em toda parte, para os que vêem e crêem. Seja qual for o veículo  que lhes permite recordar a magia do Amor, levem-nos lá - através das histórias dos Reis Magos, do Pai Natal,da Imaculada Conceição e do Nascimento de Jesus, a magia da igualdade do tempo claro e escuro do Solstício, ou simplesmente a magia de um convite sincero para se reunirem convosco e com as vossas famílias e experimentarem o amor que vocês têm uns pelos outros.

Saibam que esta época foi considerada sagrada para todos os povos da Terra muito antes daquele que se chama Cristo ter encarnado. Nutram-se do que é considerado como verdade para todas as culturas, ao longo dos tempos, como verdade divina não corrompida pelos interesses particulares de determinados grupos. Contemplem a natureza e a sua beleza e generosidade em reconhecer a unidade de todos os seres. Olhem para as árvores verdes majestosas, nesta época, que são cortadas sem atenderem a que a sua finalidade  não é para colocarem presentes debaixo delas. Olhem para a beleza dos cardeais vermelhos que são muito mais perceptíveis nesta época do ano, porque as árvores de folha caduca despojaram-se das suas folhas e a Mãe Terra entra no periodo de repouso. Vejam o contraste das bagas vermelhas reluzentes do azevinho nos arbustos de folhagem verde escura. Estas são as cores originais desta estação. Para os que professam a fé judaica, o azul e o branco não são apenas as cores das festividades, mas as cores que têm significado ao longo do ano - para lembrar a todos o azul dos céus e dos mares. O branco é a cor universal da pureza. Pensem nos sacrifícios feitos literal e simbolicamente por toda a natureza e através das lendas de muitas culturas, durante esta época do ano, para ela se preparar para o renascer da nova vida – para a chegada da primavera. E pensem nos múltiplos rituais, símbolos e celebrações religiosas, que têm a sua origem na Natureza, muito antes da palavra "religião" ter sido criada.

Durante este período de tempo, pensem em termos do que querem para vós e do que desejam interiorizar a um nível profundo, e ao debruçarem-se para nutrir com a vossa força de vida e avaliar o vosso merecimento para trazê-lo à existência, mantendo a intenção durante todo o inverno e tendo a certeza de que vale a pena  plantar essa semente ao chegar a primavera e regá-la com  amor, atenção e intenção. Se não viverem a vossa vida dessa maneira, estão a privar-se da magia e da capacidade de manifestar o que está dentro de vós  e ao vosso redor. Pensem bem sobre este assunto, meus queridos, para criar a vida e o mundo em que desejam experimentar, existir e viver. Saibam que, mesmo os devaneios que parecem ser mais pequenos, podem levar a realidades poderosas. Se estão sem família ou necessitados de algo para comemorar, imaginem a vossa vida exactamente como a desejam. Se há alguém nas vossas vidas que vos diminui de qualquer forma  e sabem que essa pessoa ou grupo não é saudável para vós, basta imaginar a vossa vida sem ele. Vejam apenas as pessoas de que gostam, que vos alimentam, apoiam, dão carinho e vos valorizam de todas as maneiras que vocês desejam e merecem.

As famílias chegam com formas e tamanhos diferentes e nunca é tarde demais para adoptar mais entes queridos. Se sentirem que não são bem-vindos, não desejados, desligados, ou incapazes de se relacionar com a vossa família de origem, criem outra. Não têm de esperar para serem bem-vindos ou adoptados pela família de outras pessoas. Se não têm nada para fazer neste Natal e ninguém com quem celebrar, imaginem exactamente como querem que seja o vosso próximo Natal. Continuem a nutrir essa visão, a sonhá-la e a desejá-la ao longo do Ano Novo para que na Primavera, tenham algo que possam 'plantar' e continuar a cultivar ao longo das estações de modo que o próximo ano seja muito mais frutífero e abundante para vós no que quer que desejem.

Amamos-vos infinitamente, queridos. Agarrem a magia desta temporada, acreditem nela e transmitam-na aos outros. Se não acreditam em magia, então não acreditam na manifestação, na cura, no poder do pensamento e da intenção, na criatividade, e duvidam da Mãe Terra, dos elementos e de toda a natureza. Como seria a vossa vida sem o nascer e o por-do-sol, sem Lua, Estrelas,  Estações, aves, Amor, Vida, nascimento, morte, cura, rejuvenescimento, sem atingir metas, sem arte, música, representação teatral e tantas outras coisas  a que têm acesso e que são criadas e perpetuadas porque a Magia existe. Queridos, se equipararem o Amor à Magia, não estão longe da verdade.

Vocês estão na iminência de magias espantosas. Quanto mais acreditarem na magia do Amor, mais ele se irá manifestar para todos e para cada um de vós. Desejamos boas novas de grande alegria e sensibilidade para verem, sentirem, ouvirem, experimentarem e partilharem tudo isto e muito mais. Abracem as alegrias, as canções, as festas, os contos, os aromas e a criatividade (a magia) de fazer presentes. Deliciem-se com as imagens e com os sons desta estação festiva, com gratidão e oração sincera para que todos possam apreciar a magia com o mesmo deslumbramento das crianças e imaginem esta realidade a tornar-se na realidade de todos vós. E que haja Paz nos vossos corações e por toda a Terra.

Que assim seja. 

A vossa amorosa Família das Estrelas e de mais além.

A Comunidade dos Guias  

 


Canal:  SALENA MIGEOT <salenam2@msn.com>



Queridos, 

É com grande amor que chegamos hoje até vós, a fim de partilhar nesta temporada, os nossos desejos de boas novas, portadoras de grande alegria que, em última instância, são sobre Paz e Prosperidade para todos. Esse é o vosso direito primogénito. É o motivo pelo qual o menino Jesus encarnou a fim de partilhá-las com todos. É o que todo grande Mestre espiritual desejou para vós - para saberem que ninguém pode impedir-vos de ter Paz. A Paz está dentro de vós, para que a cultivem e mantenham. E a abundância é vossa, pois na qualidade de filhos divinos do Criador, foi-vos dada a dádiva da co-criação. Imaginem Paz e Prosperidade para todos.

Recordamos este tema com a intenção sincera de que mantenham a Paz no vosso coração, enquanto percorrem o vosso caminho, durante esta estação festiva, que tem um significado diferente para diversas pessoas. Tenham em mente que existem os que não sentem nenhuma alegria neste momento, apenas dor e grande perda. Há os que, nesta época, perderam entes queridos e têm lembranças constantes de que o ente amado já não está mais com eles e, portanto, estão cheios de tristeza. Há os que têm entes queridos que estão a partir, enquanto falamos. Não referimos este assunto para diminuir a vossa alegria, mas para ajudar-vos a manter os acontecimentos em perspectiva - para ajudar-vos a abrir o coração para os que podem estar em solidão, irritados, doentes, abandonados, esquecidos, impedidos de estar presentes e ser felizes, incapazes de manter a mesma alegria que vós, desligados há longo  tempo da família, dos amigos ou dos namorados, devido à distância, à morte ou a um mal-entendido e por muitas outras razões. Então, sentem-se vazios e não sabem como ultrapassar esta situação. 

Queridos, isto é um apelo para que partilhem a vossa mesa, o vosso tempo, amor e presença, com outras pessoas que podem não ter o que vocês têm. Podem ter falta de um lar aconchegado para onde ir e poderem apreciar o que vocês têm. Não estamos necessariamente a falar para que dêem alimentos ou apoiem alguma causa, embora esse facto não seja desvalorizado. Estamos a falar que, durante esta temporada,  devem tentar proceder de modo mais semelhante ao homem da Galiléia. Da maneira como podem ajudar alguém ou talvez muitos, o que vos pode levar para fora da vossa zona de conforto e, de alguma forma, pode  ser um incómodo para vós, mas que vai certamente fazer uma grande diferença na vida de outros, e, portanto, também na vossa?

Poderão arranjar tempo para cuidar de um idoso cujo desejo mais profundo é de ser capaz de passar as festividades com a família? Poderão fornecer uma refeição sumptuosa para aqueles cuja única opção é recorrer a uma instituição de caridade ou à sopa dos pobres ou comerem sozinhos, ou terem a oferta de uma refeição aos sem abrigo? Poderão providenciar um lugar de descanso e apoio para alguém que está a passar por um momento difícil? Poderão ser o amor que desejam ver no mundo? Poderão proceder com os amigos, com os entes queridos, ou com estranhos de uma maneira como eles nunca iriam pedir ou esperar? Poderão convidar alguém para o vosso jantar de consoada em família e receber essa pessoa como se realmente fizesse parte da vossa família? Será que pertencem aos que vivem em abundância e não percebem como são abençoados? Dão graças pelas vossas bênçãos? Serão capazes de perceber que vivem na abundância, que criam essa realidade para si e que podem ajudar os outros, mostrando-lhes que o Amor Existe? Algumas pessoas esqueceram ou nunca souberam que o Amor Existe. O Amor Existe/Está em toda parte, o tempo todo e  por toda a eternidade.

Quando alguém perde o Amor de vista, o Amor não desaparece. Ainda está lá, como sempre. Simplesmente as pessoas perdem a capacidade de vê-lo, de sentí-lo, de ouví-lo, digamos, de tocá-lo, de abraçá-lo, de sussurrar-lhe, de sorrir-lhe, de beijá-lo, de afagá-lo, de piscar-lhe o olho, de bater palmas, de cantar e de representar para esse Amor. Tal não significa que ele desapareceu. É um rio abundante que nunca seca - excepto no coração e na mente das pessoas. Por isso, sejam os que levam a água milagrosa do Amor a todos os que precisam dele, quando perceberem a necessidade de fazê-lo, quando virem, ouvirem, sentirem e tocarem os que estão murchos e secos. Mostrem-lhes a abundância do amor que está em toda parte, para os que vêem e crêem. Seja qual for o veículo  que lhes permite recordar a magia do Amor, levem-nos lá - através das histórias dos Reis Magos, do Pai Natal,da Imaculada Conceição e do Nascimento de Jesus, a magia da igualdade do tempo claro e escuro do Solstício, ou simplesmente a magia de um convite sincero para se reunirem convosco e com as vossas famílias e experimentarem o amor que vocês têm uns pelos outros.

Saibam que esta época foi considerada sagrada para todos os povos da Terra muito antes daquele que se chama Cristo ter encarnado. Nutram-se do que é considerado como verdade para todas as culturas, ao longo dos tempos, como verdade divina não corrompida pelos interesses particulares de determinados grupos. Contemplem a natureza e a sua beleza e generosidade em reconhecer a unidade de todos os seres. Olhem para as árvores verdes majestosas, nesta época, que são cortadas sem atenderem a que a sua finalidade  não é para colocarem presentes debaixo delas. Olhem para a beleza dos cardeais vermelhos que são muito mais perceptíveis nesta época do ano, porque as árvores de folha caduca despojaram-se das suas folhas e a Mãe Terra entra no periodo de repouso. Vejam o contraste das bagas vermelhas reluzentes do azevinho nos arbustos de folhagem verde escura. Estas são as cores originais desta estação. Para os que professam a fé judaica, o azul e o branco não são apenas as cores das festividades, mas as cores que têm significado ao longo do ano - para lembrar a todos o azul dos céus e dos mares. O branco é a cor universal da pureza. Pensem nos sacrifícios feitos literal e simbolicamente por toda a natureza e através das lendas de muitas culturas, durante esta época do ano, para ela se preparar para o renascer da nova vida – para a chegada da primavera. E pensem nos múltiplos rituais, símbolos e celebrações religiosas, que têm a sua origem na Natureza, muito antes da palavra "religião" ter sido criada.

Durante este período de tempo, pensem em termos do que querem para vós e do que desejam interiorizar a um nível profundo, e ao debruçarem-se para nutrir com a vossa força de vida e avaliar o vosso merecimento para trazê-lo à existência, mantendo a intenção durante todo o inverno e tendo a certeza de que vale a pena  plantar essa semente ao chegar a primavera e regá-la com  amor, atenção e intenção. Se não viverem a vossa vida dessa maneira, estão a privar-se da magia e da capacidade de manifestar o que está dentro de vós  e ao vosso redor. Pensem bem sobre este assunto, meus queridos, para criar a vida e o mundo em que desejam experimentar, existir e viver. Saibam que, mesmo os devaneios que parecem ser mais pequenos, podem levar a realidades poderosas. Se estão sem família ou necessitados de algo para comemorar, imaginem a vossa vida exactamente como a desejam. Se há alguém nas vossas vidas que vos diminui de qualquer forma  e sabem que essa pessoa ou grupo não é saudável para vós, basta imaginar a vossa vida sem ele. Vejam apenas as pessoas de que gostam, que vos alimentam, apoiam, dão carinho e vos valorizam de todas as maneiras que vocês desejam e merecem.

As famílias chegam com formas e tamanhos diferentes e nunca é tarde demais para adoptar mais entes queridos. Se sentirem que não são bem-vindos, não desejados, desligados, ou incapazes de se relacionar com a vossa família de origem, criem outra. Não têm de esperar para serem bem-vindos ou adoptados pela família de outras pessoas. Se não têm nada para fazer neste Natal e ninguém com quem celebrar, imaginem exactamente como querem que seja o vosso próximo Natal. Continuem a nutrir essa visão, a sonhá-la e a desejá-la ao longo do Ano Novo para que na Primavera, tenham algo que possam 'plantar' e continuar a cultivar ao longo das estações de modo que o próximo ano seja muito mais frutífero e abundante para vós no que quer que desejem.

Amamos-vos infinitamente, queridos. Agarrem a magia desta temporada, acreditem nela e transmitam-na aos outros. Se não acreditam em magia, então não acreditam na manifestação, na cura, no poder do pensamento e da intenção, na criatividade, e duvidam da Mãe Terra, dos elementos e de toda a natureza. Como seria a vossa vida sem o nascer e o por-do-sol, sem Lua, Estrelas,  Estações, aves, Amor, Vida, nascimento, morte, cura, rejuvenescimento, sem atingir metas, sem arte, música, representação teatral e tantas outras coisas  a que têm acesso e que são criadas e perpetuadas porque a Magia existe. Queridos, se equipararem o Amor à Magia, não estão longe da verdade.

Vocês estão na iminência de magias espantosas. Quanto mais acreditarem na magia do Amor, mais ele se irá manifestar para todos e para cada um de vós. Desejamos boas novas de grande alegria e sensibilidade para verem, sentirem, ouvirem, experimentarem e partilharem tudo isto e muito mais. Abracem as alegrias, as canções, as festas, os contos, os aromas e a criatividade (a magia) de fazer presentes. Deliciem-se com as imagens e com os sons desta estação festiva, com gratidão e oração sincera para que todos possam apreciar a magia com o mesmo deslumbramento das crianças e imaginem esta realidade a tornar-se na realidade de todos vós. E que haja Paz nos vossos corações e por toda a Terra.

Que assim seja. 

A vossa amorosa Família das Estrelas e de mais além.

A Comunidade dos Guias 

 

Canal:  SALENA MIGEOT <salenam2@msn.com>




Tradutora: Maria Luísa de Vasconcellos
Email: luisavasconcellos2012@gmail.com
Index Webpage: http://peacelovelove.blogspot.pt/



No comments:

Post a Comment

p

Terra Galactica

crop circle

ET First Contact

the way we live

Could you imagine

MAN


THE ENTIRE 14:02' INTERVIEW IS AVAILABLE AT

rd


info@exopoliticsportugal.com

xmas



“Glory to God in the highest, and on Earth peace, good will toward men.”

This Christmas, Give Peace



I Decree


FOR SPIRITUAL ENLIGHMENT

PLEASE VISIT THIS SITE






esoteeric II



SUBTITLES IN ENGLISH, ESPAÑOL, PORTUGUÊS

Click upon the circle after the small square for captions

pleiades

THIAOOUBA PROPHECY - 14,15,16,17,18

P. Camelot - PORTUGUESE

terra galactica uk

TSUNAMI OF LOVE

Please click the icon YouTube and then the small square at the bottom right side to get the captions CC, and choose subtitles in UKRAINIAN

埋め込み画像 1埋め込み画像 2

Popular Posts

Be divergent

CONTACT

ashtar

arabic song












SO ... ONCE AGAIN I REITERATE ...

WE ARE ASKING YOU FOR YOUR ASSISTANCE ... WE ARE PUTTING OUT AN S.O.S. ... IN LOVE ...

TO OUR STAR BROTHERS AND SISTERS ... OUR FAMILY ... WE ASK FROM OUR HEARTS ... FROM THE CORE OF WHO WE ARE ... THAT YOU UNDERSTAND OUR SITUATION AND 'MAKE PLANS' TO ADHERE TO OUR CALL.

Blossom, 02:01:2014




richard dolan song

SEND SNOWDEN HOME

Send Snowden home

750,000
744,540

The world's greatest whistleblower is stuck in the Russian winter, facing solitary confinement, ridicule, and life in prison if US agents grab him. But this week, we could help get him to safety.

Edward Snowden exposed the mind-boggling and illegal level of surveillance the US government is conducting on, well, all of us. His welcome in Russia runs out soon, and he's got nowhere to go. But Brazilian President Dilma is angry at US surveillance and experts say she might brave massive US pressure to consider asylum for Snowden!

This is about much more than one man. If Snowden's act of truth-telling leads to crippling punishment, it sends the wrong signal to abusive governments and whistleblowers everywhere. If 1 million of us take action now, we can send President Dilma the largest citizen-supported asylum bid in history -- sign to safeguard Snowden and defend democracy everywhere.

SIGN HERE


KIEV



Revolution in Kiev, Ukraine

In the last days I received multiple requests to translate my posts for foreign readers, as they have very limited information about the happenings in Ukraine. This material describes events which took place in Kyev on January 22 and 23.

Sharing and distribution is appreciated.

22 January 2014. Battles on streets of Kiev.

I came to Kiev. I came to see for myself what is happening here. Of course, an hour after arriving at Maidan, you begin to understand that everything what you've read in dozens of articles, saw in TV news reports is total crap. In the upcoming reports I will try to, as objectively as possible, to sort out this new wave of Kiev revolution.








www.paradigmresearchgroup.org
Janeiro 16, 2014

Deixem a desinformação começar


Translate

Ancient Knowledge

HERE WE ARE ONCE AGAIN ...





The Book of Enoch

Einstein

Português
Falado em Portugês Biografia - Albert Einstein nasceu na região alemã de Württemberg, na cidade de Ulm, numa família judaica. Em 1852, o avô materno de Einstein, Julius Koch, estabelece-se como comerciante de cereais em Bad Cannstatt, nos arredores de Estugarda. Os pais de Einstein, Hermann Einstein e Pauline Koch, casaram-se em 8 de agosto de 1876. Hermann, que era comerciante, muda-se de Bad Buchau para a cidade de Ulm, onde passou a viver com a esposa. É em Ulm que nasce Albert Einstein, em 14 de março de 1879.

Rainbow of Love and Gratitude

Thank You to All

BOB DEAN'S INTERVIEW - AUDIO + TRANSCRIPT CLICK IMAGE CLICK IMAGE

BOB DEAN'S INTERVIEW - AUDIO + TRANSCRIPT CLICK IMAGE CLICK IMAGE
BOB DEAN'S INTERVIEW - AUDIO + TRANSCRIPT CLICK IMAGE CLICK IMAGE

Steve Bassett Interview