fol





Be of GREAT HEART our dear friends.

SO VERY MUCH HAS CHANGED …

SO VERY MUCH IS CHANGING …

SO VERY MUCH WILL CHANGE …

For it is written in the stars.

Are you not ALL ‘Children of the stars’? Did you not KNOW what you had decided and then came to Earth to put it into place?

The Federation o Light -- 16th August, 2014


to gain space


Labels

Monday, July 21, 2014

ENTREVISTA COM SER UM EXTRATERRESTRE -- CAPíTULO CINCO

ENTREVISTA COM SER UM EXTRATERRESTRE -- CAPíTULO CINCO

alien_interview_collage

N. da Tradutora - A informação dada pelo autor nas notas de rodapé é muito completa, mas muito extensa. Irei traduzindo aos poucos e colocndo no fim de cada capítulo, na medida da minha
disponibilidade de tempo.


ENTREVISTA COM UM SER EXTRATERRESTRE
Baseado nas Notas Pessoais e nas Trancrições das Entrevistas fornecidas por Matilda O'Donnell MacElroy
Edição e Notas Complementares de:Lawrence R. Spencer




45 

Capítulo Cinco
Lições de Leitura
(NOTA PESSOAL DE MATILDA O'DONNELL)


"Comecei as lições de leitura com as primeiras páginas de um livro escolar que foi usado para ensinar os filhos dos pioneiros em 1800, nas fronteiras da América. Chamava-se "McGuffey's Eclectic Reader, Primer Through Sixth". 40 (Nota de Rodapé)

Dado que sou enfermeira e não professora, o períto de línguas que me deu os livros, deu-me também informação completa – um curso que demorou um dia inteiro – sobre a maneira como usar os livros para ensinar o ser extraterrestre. Disse que a razão específica para ter escolhido esses livros, é que eles tinham sido usados durante três quartos de século para ensinar a ler quatro quintos das crianças americanas em idade escolar. Nenhuns livros tinham tido tanta influência sobre as criança americanas durante tanto tempo.

O curso de educação McGuffey começa pelo "The Primer", apresentando as letras do alfabeto para serem memorizadas, em sequência. Depois as crianças eram ensinadas, passo a passo, a usar os blocos de construção da língua para formar e pronunciar palavras, usando o método fonético 41 (Nota de Rodapé), que envolvia ensinar as crianças a ligar os sons às letras. Cada lição começa com um estudo de palavras usadas nos exercícios de leitura e com marcas para mostrar a pronúncia correcta de cada palavra. Descobri nos livros "First and Second Readers", histórias com gravuras de crianças no seu relacionamento com os membros da família, professores, amigos e animais. Os livros "Third, Fourth, Fifth and Sixth Readers" ampliavam essas ideias. Uma das histórias que recordo era “A Viúva e o Mercador.” É uma espécie de conto moral de um mercador que se torna amigo de uma viúva necessitada. Mais tarde, quando a viúva prova ser uma pessoa honesta, o mercador dá-lhe uma bela prenda. Os livros não ensinam necessariamente a acreditar na caridade praticada apenas por pessoas ricas. Todos sabemos que a generosidade é uma virtude que deve ser praticada por todos.

Todas as histórias eram muito íntegras e davam muito boas explicações para ilustrar virtudes como honestidade, caridade, frugalidade, trabalho afincado, coragem, patriotismo, reverência a Deus e respeito pelos pais. Pessoalmente, recomendaria este livro a todos!

46

Também descobri que o vocabulário usado no livro era muito avançado comparado com o número relativamente limitado que as pessoas usam habitualmente, hoje em dia. Penso que perdemos muito da nossa língua desde que os Pais Fundadores escreveram a Declaração da Independência, há cerca de 200 anos!

Tal como fui instruída, sentei-me junto de Airl, no gabinete de entrevistas, lendo em voz alta para ela, cada um dos livros, sucessivamente de acordo com a séria de McGuffey's Readers. Cada um dos livros tinha ilustrações simples e excelentes das histórias e dos assuntos que ensinavam, embora estivessem muito desactualizadas de acordo com os padrões actuais. No entanto, Airl parecia compreender e absorver cada letra, som, sílaba e significado, à medida que avançávamos. Continuamos com este processo durante 14 horas por dia, durante 3 dias consecutivos, sem interrupção, excepto para algumas refeições ligeiras e para uns intervalos de descanso da minha parte.

Airl não fazia intervalos de descanso para nada. Não dormia. Em vez disso, permanecia sentada na sua cadeira estufada, no gabinete das entrevistas, revendo as lições que tinhamos dado. Quando regressava, de manhã, para começar onde haviamos terminado, ela já tinha memorizado as lições anteriores e seguia muito bem as páginas seguintes. Este padrão continuou a acelerar-se até que se tornou inútil continuar a ler para ela.

Embora Airl não tivesse boca para falar, ela era capaz de “pensar” para mim em Inglês. No fim destas lições, Airl era capaz de ler e estudar sozinha. Mostrei-lhe como usar um dicionário para procurar palavras novas que ela encontrava. Depois disso Airl consultava o dicionário continuamente. A partir daí a minha função era agir como um correio,pedindo que os livros referenciados por ela fossem trazidos numa corrente contínua.

A seguir, o Sr. Newble trouxe a colecção da Enciclopédia Britânica. 42 (Nota de Rodapé). Airl gostava deles, especialmente por terem muitas gravuras. Depois, pediu mais livros de gravuras e livros de referência com fotosgrafias e desenhos, porque era mais fácil de compreender o significado, se ela pudesse ver uma imagem da coisa que estava a estudar.

Penso que nos seis dias seguintes foram trazidos livros de bibliotecas de todo o país, porque não foram mais do que alguns dias que ela demorou a ler várias centenas deles! Estudava cada assunto que eu podia imaginar, e muitas outras coisas técnicas, como astronomia, metalurgia, engenharia, matemática, vários manuais técnicos, etc.

Mais tarde, chegou a ler livros de ficção, novelas, poesia e os clássicos da literatura. Airl também pediu para ler um grande número de livros de assuntos como humanidades, especialmente História. Penso que no mínimo leu 50 livros de História Humana e de Arqueologia. Claro que me certifiquei que ela lesse a Bíblia Sagrada, que leu de fio a pavio, sem fazer comentários ou perguntas.

Embora continuasse a permanecer junto a Airl durante 12 a 14 horas por dia, muito desse tempo na semana seguinte foi passado sem haver muita comunicação entre nós, excepto para qualquer pergunta ocasional que ela me fizesse. Habitualmente as perguntas eram para lhe dar um sentido do contexto ou para esclarecer algo do livros que ela estava a ler.

47

Surpreendentemente, Airl disse-me que os seus livros favoritos eram “Alice no País das Maravilhas.”43 (Nota de Rodapé), "Don Quixote de la Mancha" 44 (Nota de Rodapé) and "As Mil e Uma Noites” 45 (Nota de Rodapé).  Disse que os autores dessas histórias demonstravam que era mais importante ter um grande espírito/imaginação do que habilidades ou poder.

Não consegui responder a uma série de questões, por isso consultava as pessoas da sala contígua a pedir repostas. Muitas delas tinham a ver com assuntos técnicos ou científicos. Algumas dessas perguntas eram sobre humanidades. A subtileza e a profundidade da compreensão complexa  das suas perguntas mostrava que ela tinha um intelecto muito penetrante.

Pessoalmente, penso que ela já tinha muito mais conhecimento sobre a cultura e a História da Terra do que desejou admitir, quando começamos. Em breve eu iria descobrir quanto mais.”

A continuar … Capítulo Seis

Notas de Rodapé:

40 (Nota de Rodapé)
41 (Nota de Rodapé)
42 (Nota de Rodapé)
43 (Nota de Rodapé)
44 (Nota de Rodapé)
45 (Nota de Rodapé)

No comments:

Post a Comment

p

Terra Galactica

crop circle

ET First Contact

the way we live

Could you imagine

MAN


THE ENTIRE 14:02' INTERVIEW IS AVAILABLE AT

rd


info@exopoliticsportugal.com

xmas



“Glory to God in the highest, and on Earth peace, good will toward men.”

This Christmas, Give Peace



I Decree


FOR SPIRITUAL ENLIGHMENT

PLEASE VISIT THIS SITE






esoteeric II



SUBTITLES IN ENGLISH, ESPAÑOL, PORTUGUÊS

Click upon the circle after the small square for captions

pleiades

THIAOOUBA PROPHECY - 14,15,16,17,18

P. Camelot - PORTUGUESE

terra galactica uk

TSUNAMI OF LOVE

Please click the icon YouTube and then the small square at the bottom right side to get the captions CC, and choose subtitles in UKRAINIAN

埋め込み画像 1埋め込み画像 2

Popular Posts

Be divergent

CONTACT

ashtar

arabic song












SO ... ONCE AGAIN I REITERATE ...

WE ARE ASKING YOU FOR YOUR ASSISTANCE ... WE ARE PUTTING OUT AN S.O.S. ... IN LOVE ...

TO OUR STAR BROTHERS AND SISTERS ... OUR FAMILY ... WE ASK FROM OUR HEARTS ... FROM THE CORE OF WHO WE ARE ... THAT YOU UNDERSTAND OUR SITUATION AND 'MAKE PLANS' TO ADHERE TO OUR CALL.

Blossom, 02:01:2014




richard dolan song

SEND SNOWDEN HOME

Send Snowden home

750,000
744,540

The world's greatest whistleblower is stuck in the Russian winter, facing solitary confinement, ridicule, and life in prison if US agents grab him. But this week, we could help get him to safety.

Edward Snowden exposed the mind-boggling and illegal level of surveillance the US government is conducting on, well, all of us. His welcome in Russia runs out soon, and he's got nowhere to go. But Brazilian President Dilma is angry at US surveillance and experts say she might brave massive US pressure to consider asylum for Snowden!

This is about much more than one man. If Snowden's act of truth-telling leads to crippling punishment, it sends the wrong signal to abusive governments and whistleblowers everywhere. If 1 million of us take action now, we can send President Dilma the largest citizen-supported asylum bid in history -- sign to safeguard Snowden and defend democracy everywhere.

SIGN HERE


KIEV



Revolution in Kiev, Ukraine

In the last days I received multiple requests to translate my posts for foreign readers, as they have very limited information about the happenings in Ukraine. This material describes events which took place in Kyev on January 22 and 23.

Sharing and distribution is appreciated.

22 January 2014. Battles on streets of Kiev.

I came to Kiev. I came to see for myself what is happening here. Of course, an hour after arriving at Maidan, you begin to understand that everything what you've read in dozens of articles, saw in TV news reports is total crap. In the upcoming reports I will try to, as objectively as possible, to sort out this new wave of Kiev revolution.








www.paradigmresearchgroup.org
Janeiro 16, 2014

Deixem a desinformação começar


Translate

Ancient Knowledge

HERE WE ARE ONCE AGAIN ...





The Book of Enoch

Einstein

Português
Falado em Portugês Biografia - Albert Einstein nasceu na região alemã de Württemberg, na cidade de Ulm, numa família judaica. Em 1852, o avô materno de Einstein, Julius Koch, estabelece-se como comerciante de cereais em Bad Cannstatt, nos arredores de Estugarda. Os pais de Einstein, Hermann Einstein e Pauline Koch, casaram-se em 8 de agosto de 1876. Hermann, que era comerciante, muda-se de Bad Buchau para a cidade de Ulm, onde passou a viver com a esposa. É em Ulm que nasce Albert Einstein, em 14 de março de 1879.

Rainbow of Love and Gratitude

Thank You to All

BOB DEAN'S INTERVIEW - AUDIO + TRANSCRIPT CLICK IMAGE CLICK IMAGE

BOB DEAN'S INTERVIEW - AUDIO + TRANSCRIPT CLICK IMAGE CLICK IMAGE
BOB DEAN'S INTERVIEW - AUDIO + TRANSCRIPT CLICK IMAGE CLICK IMAGE

Steve Bassett Interview