fol





Be of GREAT HEART our dear friends.

SO VERY MUCH HAS CHANGED …

SO VERY MUCH IS CHANGING …

SO VERY MUCH WILL CHANGE …

For it is written in the stars.

Are you not ALL ‘Children of the stars’? Did you not KNOW what you had decided and then came to Earth to put it into place?

The Federation o Light -- 16th August, 2014


to gain space


Labels

URGENT IMPORTANT -- FINANCIAL ASSISTANCE NEEDED FOR A YOUNG BOY 14 Y OLD WITH BRAIN CANCER


Dear Friends,


I have never asked any money/donations for myself in my blogs (400) but this is an exceptional emergency. Please help the best you can to assist Isabelle, our French Coordinator, to alleviate as much as possible her step son's health condition.


Isabelle's IBAN: FR87 3000 2010 0000 0062 7558 W45
or

You can donate through Kees De Graaff


Type your recurring amount here:

PayPal


The email address connected with Kees Paypal account is keesdegraaff@gmail.com

Or, if you want to do it by bank transfer, you can donate to:


IBAN number NL28INGB0001548315, BIC/SWIFT: INGBNL2A, ING Bank, in the name of MBC de Graaff, Den Haag, Holland.


Many thanks from the heart to all of you.






Saturday, November 16, 2013

Português - -O CASO DE ABDUÇÃO DE BRIAN SCOTT por Bill Hamilton -- Parte II

Logo Exopolitics Portugal

A Estranha Saga De
 Brian Scott

Por Bill Hamilton
Capítulo Dois 'Alien Magic' - Copyright 1996, 2000
5-15-00


 PARTE II

Brian tornou a visitar o sítio da primeira abdução em 22 de Março de 1973, onde encontrou uma pequena entidade humanoide que chamou “The Host = O Hospedeiro”. Tornou a ser abduzido em 25 de Outubro de 1973; 21 de Novembro de 1975 e em 22 de Dezembro de 1975. Numa destas três ocasiões, desapareceu durante 27 horas. A ex-esposa de Brian testemunhou que, às 03:00 am, Brian tinha ido à casa de banho e quinze minutos mais tarde, chamou-o e não recebeu nenhuma resposta. Estava preocupada com Brian porque tinha visto estranhas bolas de luz alaranjadas a chegar a casa. Procurou Brian por toda a casa e no exterior, mas não o encontrou. A carteira, o relógio e as roupas foram deixadas em casa. Depois de ter saído e regressado a casa no dia seguinte, ela verificou que Briam estava aturdido e num estado confuso. Depois desse dia, Brian caía em transe e fazia desenhos complexos, ou proferia palavras com uma voz estranha, mesmo noutras línguas. Brian começou a sofrer uma transformação e já não era o homem que a sua esposa reconhecia.

Brian não contactou pesquisadores sobre as suas experiências até Outubro de 1975, após essa data foi hipnotizado pelo Dr. McCall, no Anaheim Memorial Hospital, e disse recordar em detalhe, os acontecimentos das duas primeiras abducções. Uma voz estranha e mecânica emanava de Brian durante as sessões, que produziram num oscilógrafo, uma frequência uniforme de milhares de ciclos por segundo. Esses sons normalmente, não podem ser produzidos por cordas vocais humanas ou de animais. Brian também apresentou resultados positivos num teste de avaliação de stress psicológico.

Investigadores do CUFOS, MUFON, e APRO vieram ver Brian para registar os promenores das suas experiências. Todos tinham as suas teorias e opiniões a respeito do que aconteceu a Brian.

Algumas pessoas profundamente religiosas queriam que Brian fosse exorcizado para livrá-lo das vozes infernizantes que emanavam dele, quando caía em transe. Brian foi sujeito a investigação e perseguição durante um ano, antes de encontar Jim Frazier, que rapidamente se tornou o confidente de Brian e apenas queria dar-lhe uma mão de ajuda com amizade.

Jim quiz escrever um livro sobre Brian, mas quis primeiro, um sinal dessas entidades misteriosas que estavam a usar Brian como uma espécie de rádio cósmico ou aparelho de gravação. Contente com isto, The Host enviou uma mensagem através de Brian, às 2:10 AM, em 23 de Agosto de 1976, que no estilo peculiar do The Host afirmava: DO ‘THE HOST = HOSPEDEIRO’. ABRIR RUN 1. DO CÉU VEM AGORA UMA BOLA DE FOGO PARA TODA A HUMANIDADE VER. 1000 PARTÍCULAS. DESTE EU SOU, EU SOU. OLHEM PARA OCIDENTE, DADO COM CONFIANÇA, LATITUDE 38 01’ NORTE. LONGITUDE 119 50’ A OCIDENTE DISTO, ELE PEDIU A MIM UM SINAL. DADO.

Vinte horas depois desta mensagem, uma bola de fogo riscou o céu no Ocidente “cintilante como 1000 luzes brilhantes.” De acordo com as agências de notícias,  "lançou partículas" do Canadá ao México e o maior fragmento caiu a menos de 10 milhas a partir das coordenadas dadas pelo Hospedeiro. Houve muitas testemunhas dos estranhos fenómenos que rodeiam Brian Scott e, ainda assim, as provas palpáveis ainda iludem os investigadores mais argutos.

Não era só o caso dos contactados, que foram sumariamente repudiados, mas a nova vaga dos abduzidos, especialmente os abduzidos/contactados, como Brian, que foram sempre postos em dúvida. Brian apenas ajudou os investigadores que o ajudaram a concretizar a estranha missão que os seres extraterrestres o encarregaram. A totalidade da experiência de  estar envolvido com Brian deixava o investigador carregado de emoções e distorcia qualquer abordagem objectiva e bem-intencionado do caso. Uma das testemunhas de Brian, Lou Savage, não esteve disponível para a entrevista. Mas entrevistei Sue Scott, a sua ex-esposa, Doreen (que mais tarde casou com Brian) e Jim Frazier. Todos atestaram que tinham testemunhado fenómenos paranormais na presença de Brian. Sue testemunhou que tinha visto as bolas de luz que voaram através da casa de Scott, e viu Scott entrar em transes estranhos.

Doreen contou a história de um dia ir ao Banco com Brian para levantar um cheque. Estava a pensar consigo mesma que gostava de ter um ramo de rosas dado por Brian, mas não lhe transmitu este desejo. Deixaram o carro estacionado e fechado no estacionamento do Banco. Doreen diz que nunca saiu do lado de Brian, mas ao voltar para o carro, e ao abrir a porta que estava trancada, o ramo de rosas desejado estava no banco da frente! Jim Frazier viu Brian dobrar metal como o famoso Uri Geller tinha feito no palco, no entanto, Brian raras vezes teria de tocar o utensílio de metal para dobrá-lo. Habitualmente caía em transe quando isso acontecia,. Jim também viu água a materializar-se em gotinhas sobre a cabeça de Brian, quando Brian entrava em transe. Uma vez, Brian em transe, pareceu materializar uma moeda de ouro Grega antiga, que estava em excelente condição. Examinamos essa moeda num microscópio industrial 300X. A antiguidade foi confirmada pelo numismatas. Mais tarde foi identificada como procedente de um antigo templo de Diana. Se Brian estava a tentar exibir um truque, estava a conseguir alguns truques muito bons.

Eu próprio vi, duas vezes, colheres a dobrarem-se por moto próprio, na mão de Brian. Ambas as vezes foi testemunhado por mais pessoas. Em muitas ocasiões, interrogamos as vozes que falavam através de Brian em transe. Algumas vezes falou Voltar, e noutras vezes, veio a voz poderosa de Vertrex. Algumas vezes as vozes respondiam misteriosamente às perguntas formuladas apenas na nossa mente. Isso é algum truque, ou Magia Extraterrestre. A análise electrónica estanderdizada mostrava que algumas dessas vozes produziam um gráfico diferente da voz de Brian. O volume total dos desenhos e escritos automáticos que chegavam através de Brian, era espantoso. Alguns deles estavam relacionados com tecnologia avançada ou ciência, e outros relacionados com o passado da Humanidade. Os escritos pareciam ir para além do conhecimento de Brian. Chegou uma mensagem numa língua Grega morta. As composições mantinham-se a apontar para uma antiga ligação entre o mundo deles e o nosso mundo. O tipo de evidência que podia ser estudado neste caso, conduz à crença de que Brian esteve em contacto com seres extraterrestres ou extradimensionais, que estiveram envolvidos connosco no passado, ou que se tornaram a envolver connosco agora, para preparar-nos para o contacto futuro e muito mais ... tornou-se cada vez mais evidente enquanto o caso de Brian se desenrolava perante nós.

Não creio que Brian inventasse estas histórias ou tivesse alucinações. Muitos abduzidos relataram ter visto essas bolas de luz omnipresentes que se espalharam em muitos corredores americanos.

Se encararmos os contactos de Brian como contactos verdadeiros com espécies extraterrestres benevolentes, então estaremos abertos aos projectos que Voltar e o seu povo entregaram a Brian para cumprir antes do final do ano de 2011. 

Encontrei Scott e Frazier no princípio de Dezembro de 1976. No fim do mês estavam a caminho de Tiahaunaco, na Bolivia, onde Voltar instruiu Scott, que iria sofrer uma transformação da mente que iria permitir a Voltar, partilhar a existência física de Brian na Terra, e comunicar mais directamente connosco. Quando Scott e Frazier regressaram da América do Sul, o meu amigo John e eu fomos cumprimentá-los em LAX. Realmente Brian parecia outra pessoa. Havia uma aura perceptível de energia psíquica à volta dele. Continuava a mencionar objectos que podia ver do outro lado duma parede. Brian fumava muito, mas Brian/Voltar não fumava nada. Podia discutir todos os assuntos, de flores a comida, passando por buracos negros. Este período de transformação psíquica durou um certo número de semanas, antes dos sinais do velho Brian terem voltado. 

Essa noite, no regresso a casa, a norte da auto-estrada 405, vi um grande objecto que pairava nas nuvens. Tinha uma cor alaranjada pálida no topo. Parecia ser cilíndrico e apontava para nós segundo um ângulo de 60º. Pedi a John que saísse da auto-estrada, o mais rápido possível, para poder ter uma visão melhor do objecto. Quando encostou ao lado da rua, saltei do carro e olhei para o objecto através dos binóculos. Um feixe intenso de luz vermelha emanava de um dos lados do objecto e parecia penetrar através dos meus olhos num canto profundo da minha mente. Nos dias seguintes tive a minha própria transformação e experienciei um estado de consciência cósmica que durou semanas. Esse acontecimento teve um grande impacto na minha vida, mas é o assunto de outro livro.

 As entidades extraterrestres influenciaram o nosso próprio crescimento e desenvolvimento em Ciência e Tecnologia, agora e no passado? As construções notáveis de Stonehenge, Giza, Tiahuanaco, e de outros lugares em todo o mundo foram inspiradas por visitantes que vieram ao nosso mundo? As autoridades não pensam dessa maneira, mas essa possibilidade não pode ser eliminada. A Matemática dos Hindus e dos Maias foram desenvolvidas por esses povos antigos sem ajuda exterior, ou os fundamentos desses sistemas foram ensinados por professores de outros mundos? Os antigos sacerdotes de Amun, no Egipto, foram os primeiros contactados que se tornaram  os guardiões de uma ciência das estrelas? Há alguma evidência de que hoje estamos a receber informação de fontes extraterrestres?

O génio por trás da corrente de electricidade alterna, Nikola Tesla, acreditou que tinha recebido sinais do espaço. Um artigo antigo de um jornal de 1899 relata: “O Snr. Nikola Tesla anunciou que pensa que certas perturbações do seu aparelho são sinais recebidos de uma fonte para além da Terra. Não chegam do Sol, diz, mas devem ser de origem planetária; provavelmente Marte; de acordo com o que ele pensa.” Tesla acreditou na vida noutros planetas e acreditou que podia comunicar através da rádio com esses seres. As experiências e os conceitos posteriores de Tesla sobre campos de forças, raios mortais e aparelhos de ressonância de controlo do pensamento foram resultado do conhecimento que recebeu de fontes extraterrestres?Muitos pensariam que essa ideia era absurda, que Tesla possuía uma mente brilhante e criativa, e não necessitava de ajuda externa das mentes do exterior. As nossas ciências e tecnologias experimentaram um crescimento enorme, parecendo crescer exponencialmente deste 1890. Desde esse período de tempo, muitos dos nossos pensamentos estavam direccionados para a vida noutros planetas, viagens espaciais, e avanços em todas as fronteiras do conhecimento.

O meu primeiro encontro com um inventor e contactado, que declarou ter recebido conhecimento de uma fonte extraterrestre foi o Snr. George Van Tassel, em 1957. George disse que lhe tinha sido mostrado o motor de gravidade de um disco voador, em 1953 e  os princípios de um gerador electroestáctico magneto-gravítico, tinham-lhe sido dados e ele incorporou-os numa estrutura a que chamou o Integratron. George planeou o Integratron, como sendo uma construção não metálica de 38 pés = 11,58 m de altura e 58 pés = 17,67 m de diâmetro. O trabalho começou no deserto, perto de Landers, na Califórnia. A cúpula é um gerador electroestático com uma blindagem 4 vezes maior em diâmetro do que qualquer outra em existência. Os campos gerados pela máquina eram para abranger toda a estrutura. A cúpula não contém pregos, parafusos ou metal na sua montagem. George ia usar inicialmente o Integratron para carregar células animais com energia para rejuvenescer seres humanos e animais. Passou cerca de vinte anos a trabalhar no projecto, usando dinheiro solicitado através de doações. George tinha muitos detractores e as pessoas que o ridicularizavam diziam que o projecto era um monumento magnífico de pseudo-ciência. Infelizmente, George nunca acabou o projecto e morreu de ataque de coração em Fevereiro de 1978, os seus sonhos agora estão enterrados nas areias do deserto, a cúpula a mirrar ao sol.

Em 1959, George Adamski mostrou-nos um pequeno laboratório nas traseiras da sua casa em Palomar Gardens, Califórnia. Estava a fazer experiências com campos magnéticos e gravidade. A presidir, tinha um número de discos de metal que eram radioactivos.Em evidência, estavam pequenos modelos das naves de observação que ele fotografou, como repetiam muitas vezes, os seus detractores. Algo levou Adamski a aprender os segredos das naves. Em 1959, ouvi uma fita a gravar uma entrevista com o Dr. Wilbur Smith, do Projecto Magneto Danadense. Smith declarava ter feito contacto com seres humanos dos discos voadores. Declarava mesmo que eles tinham-lhe dado informação  de como desenhar uma bobina que podia receber os seus sinais quando acoplada a um aparelho de televisão. Quando acoplou esta bobina a um aparelho de televisão, disse que tinha recebido imagens claras a cores de naves a orbitar. Pode ver homens e mulheres em uniforme na nave.

Em 1975, Brian Scott recebeu informação volumosa dos seus abdutores. O meu amigo, John Maxfield, (que tinha uma formação em programação de computadores como eu), e eu, assumimos a tarefa de tentar decifrar o volume de dados que Brian registou. Brian estava a receber informação e desenhos sobre:

1) Matemática computacional binária e trinária
2) Informação sobre  Genética e Clonagem
3) Mecânica Orbital e Astronomia
4) Equações sobre Electromagnética
5) Deslocação através da Física Quântica (teletransporte)

Scott disse que alguma dessa informação foi transmitida por um computador dentro de uma sonda que se tinha tornado satélite da Lua. Uma grande quantidade de informação sobre a posição e órbita do satélite foi enviada a Duncan Lunan, um astrónomo na Escócia, numa tentativa de motivar os snr. Lunan a transmitir um sinal radiotelescópico  para o satélite e receber uma resposta. Brian referiu-se a esse satélite como sendo a “Órbita de Selene”. Scott declarou que o satélite era o mesmo que foi responsável pelos ecos demorados recebidos por Stormer e Van der Pol, em 1929. Numa ocasião, Scott registou os sinais do satélite, um bip electrónico tipo sonar, numa fita de gravação sem nenhum rádio acoplado. De facto, muitas vezes quando as vozes chegavam através de Brian e eram registadas numa fita de gravação, ao escutar de novo a fita ela revelava sons adicionais de bips. Os Ets podiam estar a tirar amostras de tecido com o propósito de precipitar uma transformação genética da nossa espécie ou, por mais medonho que possa parecer, estão a clonar individualmente, membros da nossa raça para ver se eles podem adaptar-se a um mundo novo? Estão a procurar criar os seus descendentes cruzados?

Seja qual for a linha de especulação que desejemos seguir, os abduzidos descrevem um quadro de exames que implicam que estamos sujeitos a vigilância biológica. Numa transmissão de Brian datada de 1 de Dezembro de 1975, The Host = O Hospedeiro indicou que o seu mundo de origem era na constelação de Bootes e que a primeira descida à Terra do Mundo Secundário aconteceu en 40,500 A.C., quando aconteceu “IMPLANTAÇÃO SEXUAL DA VIDA CONHECIDA --- KNOUS  1350 -- 1450cc," estes números devem referir a capacidade do crâneo em centímetros cúbicos. Outra transmissão indica que o lugar da primeira descida foi nos Andes.


Numa profecia medonha, O Anfitrião descreve a destruição da Terra:

 "AS MONTANHAS CHOCAM-SE UMAS CONTRA AS OUTRAS – E O CÉU DIVIDE-SE EM DOIS – O SOL DEIXA DE EXISTIR - A TERRA AFUNDA-SE NO MAR – AS ESTRELAS BRILHANTES DESAPARECEM – O FOGO ACENDE-SE E ERGUE CHAMAS  ALTAS, ATÉ AO CÉU”.

Evidentemente que é uma peça citada que prediz os cataclismos que hão-de chegar. Mensagens como estas foram dadas a outros abduzidos. Por vezes, a bordo da nave, é mostrado aos abduzidos um filme dos acontecimentos destrutivos que hão-de vir. Brian viu esse espectáculo projectado numa parede do seu apartamento. Essas mensagens são dadas como avisos, ou serão para testar as nossas reacções à perda e à catástrofe. Foram relatados a Brian dez dádivas a ser concedidas à Humanidade, dádivas de ciência e tecnologia extraterrestre, mas que ainda não temos meios para projectá-las e construí-las.

Foi dito a Brian para desenhar quarto pirâmides solares para serem colocadas em lugares específicos, no mundo, para ajudar a estabilizar o equilíbrio do planeta. Brian completou as matrizes de uma pirâmide solar que servirá para converter a energia solar e como central de energia. Dentro da base das pirâmides, estão geradores magnéticos que irão ajudar a equilibrar as irregularidades do campo geomagnético. As pirâmides também actuam como contentores de armazenamento de células humanas, um banco de células clonadas para preservar o genoma humano até ao ano 14,000 D.C. O segundo projecto dado a Brian foi escrever a História do povo “para além das estrelas”, que o contactou primeiro, na noite de Março de 1971. Esse livro destina-se a revelar o seu relacionamento com o povo da Terra. O terceiro projecto foi o desenho de máquinas que irão funcionar através de comando mental. Estas máquinas irão ajudar o homem a erguer o seu nível de consciência e aumentar a sua capacidade de funcionamento mental. O quarto projecto envolve colocar cápsulas de tempo em satélites a orbitar, para que possamos preservar os acontecimentos e a informação a respeito de UFOs e o seu propósito em chegar à Terra. O quinto, e um dos projectos mais fascinantes, é o desenho do Cinto de Monitorização Biológica, um aparelho electrónico, activado pela mente, que tem quatro fases de desenvolvimento. Na primeira fase, o cinto é usado a meio e controla e exibe as condições atmosféricas do corpo e irá alertar o portador para qualquer mau funcionamento crítico. Se qualquer leitura do corpo for de níveis anormais, irá alertar o portador. Na fase dois, o cinto estará ligado a um computador e pode lançar a libertação de nutrientes específicos para o corpo, para trazer o equilíbrio ao metabolismo e ao seu funcionamento. Nas fases três e quatro, o cinto será melhorado para cumprir a Deslocação Quântica, o teletransporte do utente de terminal para terminal. Os cinco projectos restantes não foram revelados a Brian.

Quando o Hospedeiro comunicou os factores orbitais nas transmissões de Scott, foram dadas três fórmulas de interacção magnética e fluxo magnético. Uma das equações, encontrada nos nossos manuais em relação à força da gravidade foi: F=Kmm'/r2 e foi usada mais do que uma vez para descrever “RAPOR” (rapport). Uma equação usada para variações de fluxo magnético numa bobina toroidal (Toroidal = geometria - uma superície gerada ao rodar um plano curvo próximo sobre uma linha coplanar – a operar no mesmo plano -  que não intersecta a curva), como dada no Manual para Química e Física. Foi surpreendente verificar estas informações nas transmissões, se assumirmos que a informação veio da mente de Brian, pois não podemos encontrar provas de que Brian lesse livros ou jornais científicos. Uma raça que viajava fora da atmosfera da Terra podia e devia estar preocupada com o magnetismo e com a gravidade. O nosso próprio Sol tem um campo magnético que se estende para além da órbita de Plutão. Os biólogos compreendem agora que os organismos desenvolvem campos magnéticos fracos e são sensíveis às mudanças no fluxo magnético e na polaridade. De facto, esta a tornar-se cada vez mais visível que o campo magnético é necessário para o sustento da vida. Os geólogos acreditam agora que houve 171 retrações de polaridades magnéticas do campo geomagnético nos últimos 76 milhões de anos, e coincidente com tais retrações, desapareceram espécies inteiras. Também sabemos que os UFOs exibem efeitos electromagnéticos e que essas naves de espaço/tempo desenvolvem poderosos campos magnéticos e  gravitacionais que podem afectar motores eléctricos, geradores e causam interferência na rádio e na televisão. De acordo com as indicações dadas pelo Hospedeiro, ele está preocupado com as mudanças no fluxo magnético. Para ele, isso pode ser uma situação de vida ou de morte, para a navegação espacial.


Todos os desenhos astronómicos recebidos por Brian contém símbolos estranhos e  familiares. Um dos desenhos mostra um desenho do caminho orbital do mundo deles até à Terra. O seu mundo original foi descrito como estando a orbitar dois sois artificiais. Durante a tragédia que ocorreu há muitos milhares de anos, o seu mundo foi evacuado. Pesquisaram o espaço à procura dum novo planeta lar. Brian disse que encontraram um novo lar no quarto planeta a orbitar a estrela a que chamamos Epsilon Eridani. Um dos diagramas mostra 36 estrelas, bem como os seus números de catálogo e anos-luz de distância da Terra. O planeta lar de Voltar, Epsilon Eridani 4 é mostrado a 10.8 anos-luz da Terra. Tau Ceti e Epsilon Eidani foram estrelas como o Sol que foram objectos de pesquisa em busca de vida extraterrestre feita pelo Dr. Frank Drake, do Observatório de Radio Astronomia de Green Bank, na Virginia Ocidental. As estrelas classificadas de acordo com a sua luz ou emissões do espectro tipo F, G e K são as candidatas mais prováveis a terem planetas habitados. O nosso Sol é uma estrela tipo G. Tau Ceti é uma estrela tipo G e podia ser semelhante ao nosso Sol, tendo, pelo menos, um planeta habitável em órbita. Outro diagrama de Brian mostra o tamanho e a distância dos planetas no seu próprio sistema solar. Todos os números dados nos desenhos concordam com o manual estanderdizado de Astronomia. Não sabemos o propósito desses diagramas.

Num dado ponto das mensagens, O Hospedeiro refere a sua primeira descida à Terra, datada do ano 3113 A.C., e diz: “CÓDIGO DO DNA NÃO está completo – prejuízo ambiental.” Há indicações repetidas pelo Hospedeiro, de que a sua missão na Terra é biológica. Refere-se a “SEXUAL RAPOR”, “IMPLANTAÇÃO SEXUAL”, e “GENÉTICA DE TRANSFORMAÇÃO”, pelo Mundo Secundário, durante a alvorada do nosso mundo conhecido. Estas mensagens foram transmitidas a Brian antes de haver palestras abundantes sobre extraterrestres e genética. Talvez Brian tenha sido a chave dos casos de abdução que ocorreram em todo o mundo. Repetidamente, como aconteceu com Brian, os abdutores realizaram algum tipo de exames médicos ou biológicos nos humanos. Muitos destes desenhos e escritos recebidos por Brian, em estado de transe, foram identificados como provenientes de uma fonte única, o Hospedeiro. Em biologia, um “hospedeiro” é classificado como um organismo que, temporária ou permanentemente, apoia outro organismo (um parasita), à sua custa. Brian afirma que o Hospedeiro é uma força vital que transcende a morte física. Nessa analogia, o parasita morre, mas o Hospedeiro continua a viver. Numa transmissão dada em Outubro de 1975, o Hospedeiro afirma: “UMA CÉLULA TEM VIDA E ATRAVÉS DELA O HOMEM ESFORÇA-SE AO MÁXIMO. CLONANDO-VOS, PELA MENTE E PELA VIDA.” De acordo com a linguagem da zoologia, um clone constitui os descendentes de um único indivíduo; uma linha pura; um indivíduo produzido assexuadamente. Hoje experimentamos, clonando plantas e animais nos nossos laboratórios, mas o Hospedeiro está a falar sobre a clonagem do homem, da sua mente e da sua vida. Extraindo um gene do núcleo de uma célula e reproduzindo um clone da célula hospedeira, resulta uma cópia exacta do original. Se desejarmos salvar uma espécie em perigo, podíamos clonar os membros dessa espécie e produzir réplicas para uma sobrevivência continuada. Extraindo um gene do núcleo de uma célula e reproduzindo um clone da célula do hospedeiro, produz uma cópia exacta do original. Se desejarmos salvar uma espécie em perigo, clonamos membros dessa espécie e produzimos réplicas para uma sobrevivência continua.Talvez a população inteira de um planeta possa ser clonada e transportada para uma colónia noutro mundo. A tecnologia biológica da clonagem seria um recurso definitivo para uma raça que tivesse de fazer uma viagem para fora da atmosfera da Terra. Precisamente agora, o primeiro capítulo do Genesis vem-me à mente quando Deus diz, “Façamos o Homem à nossa imagem.” Os primeiros homens na Terra seriam clones dos Deuses? Há muitos indícios do início de experimentação genética dada pelo Hospedeiro. Numa mensagem, o Hospedeiro afirma, "TRANSFERÊNCIAS DE DNA NA ORIGEM DO TEMPO, EU, O HOSPEDEIRO, REGRESSAREI EM 24 DE DEZEMBRO DE 2011." O Hospedeiro promete voltar ao ponto de transferência de DNA do nosso passado numa altura exacta do nosso futuro.

Em muitos exemplos, o Hospedeiro usa uma forma de Lógica e “Lógica Invertida” com um sobrescrito numérico que está sujeito a interpretação. Eis um exemplo: EXPENSÃO DO PENSAMENTO/ENERGIA 4 = TEMPO.” A Energia 4 é um nível de energia? Não sabemos. O Hospedeiro afirma sempre e sempre, que “O TEMPO É UMA CRIAÇÃO DA MENTE.” O conceito de tempo como um fenómeno mental tem sido discutido em filosofia. Para uma raça que tenha de viajar para além da atmosfera do seu planeta, viajar distâncias enormes entre estrelas a velocidades que tenham uma magnitude que é uma fracção da velocidade da luz, ou viajar através do espaço usando “wormholes”, a frase do Hospedeiro é perfeitamente compreensível (faz sentido).

Noutras afirmações a respeito do tempo, o Hospedeiro refere a conversão da energia a partir da massa, transformação nuclear, produzindo ou estando relacionada com a transformação do tempo. Acelerar partículas a uma velocidade perto da velocidade da luz causa a dilatação do tempo. Essas leis matemáticas que definem as relações das magnitudes de um sistema para outro, são conhecidas como leis da transformação. Einstein disse do Tempo: “As experiências de um indivíduo aparecem-nos arranjadas numa série de acontecimentos; nesta série de acontecimentos simples que recordamos, parecem estar ordenados de acordo com o critério de “mais cedo” e “mais tarde”. Por esta razão, existe para o indivíduo um Eu-tempo, ou um tempo subjectivo. Isto, em si mesmo, não é mensurável.”

O caso de Brian Scott é um caso complexo, com muitas facetas fascinantes, e o caso  não menos importante é o estudo do conhecimento. Como muitos outros experimentadores que não podem apresentar provas das suas experiências, Brian teve de sofrer o ridículo e a negação. Os psicólogos querem aproximar-se de Brian como se ele estivesse a experimentar anormalidades psicológicas, caindo em transes, falando com vozes estranhas, compelido a visitar lugares longínquos, e tudo como se estivesse a acontecer dentro dos sitíos recônditos da mente de Brian. Mas as manifestações físicas que aconteceram à volta de Brian derramam para fora dos perímetros de sua mente,  para o mundo físico consensual que todos nós habitamos. A materialização de água ou de moedas poderia ser interpretada como fenómenos psíquicos apenas e não implica a influência de entidades alienígenas. O conhecimento, os desenhos, as testemunhas, todos compreendem partes de um todo maior, o que implica uma nova descrição da realidade, que pode incluir os povos para além das estrelas. 
_____

 Reproduzido com permissão especial do 'Magic Alien' por Bill Hamilton.  Direitos de autor 1996, 2000


Tradutora: Maria Luísa de Vasconcellos
Email: luisavasconcellos2012@gmail.com


No comments:

Post a Comment

p

Terra Galactica

crop circle

ET First Contact

the way we live

Could you imagine

MAN


THE ENTIRE 14:02' INTERVIEW IS AVAILABLE AT

rd


info@exopoliticsportugal.com

xmas



“Glory to God in the highest, and on Earth peace, good will toward men.”

This Christmas, Give Peace



I Decree


FOR SPIRITUAL ENLIGHMENT

PLEASE VISIT THIS SITE






esoteeric II



SUBTITLES IN ENGLISH, ESPAÑOL, PORTUGUÊS

Click upon the circle after the small square for captions

pleiades

THIAOOUBA PROPHECY - 14,15,16,17,18

P. Camelot - PORTUGUESE

terra galactica uk

TSUNAMI OF LOVE

Please click the icon YouTube and then the small square at the bottom right side to get the captions CC, and choose subtitles in UKRAINIAN

埋め込み画像 1埋め込み画像 2

Popular Posts

Be divergent

CONTACT

ashtar

arabic song












SO ... ONCE AGAIN I REITERATE ...

WE ARE ASKING YOU FOR YOUR ASSISTANCE ... WE ARE PUTTING OUT AN S.O.S. ... IN LOVE ...

TO OUR STAR BROTHERS AND SISTERS ... OUR FAMILY ... WE ASK FROM OUR HEARTS ... FROM THE CORE OF WHO WE ARE ... THAT YOU UNDERSTAND OUR SITUATION AND 'MAKE PLANS' TO ADHERE TO OUR CALL.

Blossom, 02:01:2014




richard dolan song

SEND SNOWDEN HOME

Send Snowden home

750,000
744,540

The world's greatest whistleblower is stuck in the Russian winter, facing solitary confinement, ridicule, and life in prison if US agents grab him. But this week, we could help get him to safety.

Edward Snowden exposed the mind-boggling and illegal level of surveillance the US government is conducting on, well, all of us. His welcome in Russia runs out soon, and he's got nowhere to go. But Brazilian President Dilma is angry at US surveillance and experts say she might brave massive US pressure to consider asylum for Snowden!

This is about much more than one man. If Snowden's act of truth-telling leads to crippling punishment, it sends the wrong signal to abusive governments and whistleblowers everywhere. If 1 million of us take action now, we can send President Dilma the largest citizen-supported asylum bid in history -- sign to safeguard Snowden and defend democracy everywhere.

SIGN HERE


KIEV



Revolution in Kiev, Ukraine

In the last days I received multiple requests to translate my posts for foreign readers, as they have very limited information about the happenings in Ukraine. This material describes events which took place in Kyev on January 22 and 23.

Sharing and distribution is appreciated.

22 January 2014. Battles on streets of Kiev.

I came to Kiev. I came to see for myself what is happening here. Of course, an hour after arriving at Maidan, you begin to understand that everything what you've read in dozens of articles, saw in TV news reports is total crap. In the upcoming reports I will try to, as objectively as possible, to sort out this new wave of Kiev revolution.








www.paradigmresearchgroup.org
Janeiro 16, 2014

Deixem a desinformação começar


Translate

Ancient Knowledge

HERE WE ARE ONCE AGAIN ...





The Book of Enoch

Einstein

Português
Falado em Portugês Biografia - Albert Einstein nasceu na região alemã de Württemberg, na cidade de Ulm, numa família judaica. Em 1852, o avô materno de Einstein, Julius Koch, estabelece-se como comerciante de cereais em Bad Cannstatt, nos arredores de Estugarda. Os pais de Einstein, Hermann Einstein e Pauline Koch, casaram-se em 8 de agosto de 1876. Hermann, que era comerciante, muda-se de Bad Buchau para a cidade de Ulm, onde passou a viver com a esposa. É em Ulm que nasce Albert Einstein, em 14 de março de 1879.

Rainbow of Love and Gratitude

Thank You to All

BOB DEAN'S INTERVIEW - AUDIO + TRANSCRIPT CLICK IMAGE CLICK IMAGE

BOB DEAN'S INTERVIEW - AUDIO + TRANSCRIPT CLICK IMAGE CLICK IMAGE
BOB DEAN'S INTERVIEW - AUDIO + TRANSCRIPT CLICK IMAGE CLICK IMAGE

Steve Bassett Interview